Tudo o que procura saber sobre credito pessoal, creditos online, financas pessoais e conselhos de poupanca.

03
Nov 10

Muitos portugueses estão em aflição neste momento, notivo: não conseguem pagar os seus créditos habitação. Estamos a passar por uma situação de que não há memória, as perdas de emprego, reduções salariais, lay-offs, aumento de impostos, etc, etc, todos contribuem para que o incumprimento no crédito aumente. Com cartões de crédito, créditos pessoais, créditos habitação, credito automóvel ás costas, a maioria dos portugueses não consegue mais cumprir com o pagamento das prestações mensais e opta por deixar de pagar.

O que pode acontecer se realmente chegar a esta situação, se entender que não consegue mais cumprir com todas as suas prestações? Você pode-se sentir tentado a fazer isto, fugir de tudo mas levará um rombo no património.  Existem outras alternativas que não têm consequências tão ruins.

Todos sabemos o que acontece quando deixa de pagar o seu crédito habitação: o banco penhora a casa, toma posse dela e vende-a em leilão. Todos ficam felizes com esta história, não é?

Errado!! O banco pode demorar anos a vender a sua casa, e neste ambiente actual, provavelmente vai vendê-la por um preço muito abaixo daquele que você aceitou pagar por ela. A diferença, essa fica você responsável por liquidar. Este é talvez o pior cenário, pois andou a pagar a sua casa durante algum tempo, ficou sem ela e vai ter que continuar a pagá-la mesmo já não sendo sua nem habitar lá. Cenário dantesco.... Pode sempre tentar não pagar, provavelmente vai levar com um processo, os seus bens serão confiscados juntamente com o seu salário. Isto já para não falar do seu historial de crédito que fica manchado e dificilmente voltará a conseguir um crédito no seu nome. Não parece uma saída muito atraente pois não?



O que fazer nesta situação?



Se não consegue pagar as suas prestações, tome você a iniciativa, dirija-se ao banco e explique a sua situação. Tente chegar a acordo para pagamentos diferidos. O banco tem todas as razões para o ajudar a siar desta situação, pois também para ele não é interessante ter que recorrer a tribunais, burocracias, demoras, custos e ficar com mais um imóvel no mar de propriedades que eles já têm penhorados.


Por isso, mexa-se, antes que a situação se torne irreversível, comece a renegociar os seus créditos.

 



RSS
Contactos uteis
Linha de informação sobre Créditos Deco +351 808 200 149 (linha Azul) +351 218 418 790
Pesquisa personalizada
Loading...