Tudo o que procura saber sobre credito pessoal, creditos online, financas pessoais e conselhos de poupanca.

12
Jul 09

Será o credito consolidado uma solução ou mais uma complicação? Todos os meses muitas famílias vêem-se em dificuldades para conseguir liquidar as suas dividas. Acumularam vários créditos e nenhum deles é demasiado alto mas todos em conjunto põem em causa a estabilidade financeira da família. Os mais comuns são a prestação da casa, do carro, o crédito pessoal e o cartão de crédito que foi usado em excesso durante as ultimas férias. Depois de tudo somado, muitas destas famílias facilmente atingem os 2.000 euros de dividas mensais á banca, valor que não é suportável pela maioria das pessoas do nosso pais.

 

Nesta fase, começam a procurar uma maneira de reduzir as suas prestações. Isto é possível através da consolidação de créditos. O credito consolidado permite reduzir até 60% o valor da divida mensal que temos junto da banca, juntando todos os nossos crédito num só.  Juntando os empréstimos de curta duração com um de maior prazo, normalmente o crédito a habitação, consegue-se beneficiar de uma taxa de juro mais baixa.

 

Mas existe outra vantagem em consolidar os créditos, que é o facto de para além de se baixar a prestação dos créditos, o consumidor passa a pagar a sua divida num único local, a uma única instituição financeira. Ter que se deslocar a vários locais sempre que tiver alguma duvida poderá ser bastante incómodo e ocupar bastante tempo, por isso este é sempre um aspecto a ter em conta.

 

Contudo existe um grande contra no crédito consolidado que se torna óbvio, ao estender o prazo de pagamento do empréstimo, iremos pagar mais juros no final, e o empréstimo ficará mais caro. Quanto mais anos se anda a pagar um empréstimo, mais baixa será a prestação mensal. 

 

Existe ainda a opção de crédito consolidado sem ter hipoteca da casa, sem ter que dar a garantia da casa. Esta opção é menos usual pois o consumidor não oferece uma garantia de peso. É usada normalmente para juntar os cartões de crédito num só. Neste caso a redução mensal na prestação nunca conseguirá ser tão expressiva.

 

Credito Consolidado e os Portugueses

Este conceito de crédito consolidado, foi uma importação dos Estados Unidos e foi introduzido em Portugal á cerca de quatro anos, e desde então tem-se multiplicado o numero da procura pelo credito consolidado.

 

Instituições de financiamento como a GE Money e o Banco Primus foram as primeiras a especializar-se nestes produtos financeiros em Portugal. As famílias mais endividadas passaram assim a ter mais uma alternativa para os auxiliar a fugir de prestações insuportáveis.

Inicialmente reconhecido como o crédito dos aflitos, neste momento o credito consolidado é procurado por muitos clientes que simplesmente procuram formas de aumentar a sua poupança mensal.


RSS
Contactos uteis
Linha de informação sobre Créditos Deco +351 808 200 149 (linha Azul) +351 218 418 790
Pesquisa personalizada
Loading...