Tudo o que procura saber sobre credito pessoal, creditos online, financas pessoais e conselhos de poupanca.

16
Mar 11

A Euribor continua a subir em todos os prazos e continua a fazer suar muitos portugueses que se vêem aflitos para conseguir pagar as prestações. Desde 31 de Março do ano passado, dia em que a Euribor registou um valor mínimo de 0,634% (a três meses), que ela se tem mantido numa subida acentuada e sem dar sinais de querer parar.

 

No dia de hoje, segundo os dados estatísticos do Banco de Portugal ela encontra-se já nos 1,18% (para o mesmo prazo). No mês de Janeiro a subida foi de cerca de 2,9%, uma subida que já não se verificava á anos e que pode indicar uma tendência de subida nos próximos tempos. Fontes da Indústria, justificam o aumento, argumentando que a inflação também aumentou, e em parte, indirectamente é também afectada pelos aumentos sucessivos do preço do crude.

 

Isto quando é para subir preços, parece que qualquer coisa serve de justificação. Quando é para descer, a história, como já temos tido oportunidade de averiguar é completamente. Há sempre algo que impede um descida dos preços apesar de tudo no mercado apontar nesse sentido. Vamos ver mais quanto tempo este país se aguenta neste estado de calamidade em que está.

 

Com os combustíveis a atingir preços record, e sem nenhuma alternativa viável para os substituir os portugueses preparam-se em breve para entrar numa dupla agonia , pois para além de já não poderem ir a lado nenhum não conseguirão pagar os créditos á habitação.

publicado por Nelson às 18:01

RSS
Contactos uteis
Linha de informação sobre Créditos Deco +351 808 200 149 (linha Azul) +351 218 418 790
Pesquisa personalizada
Loading...