Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Creditos online

Tudo o que procura saber sobre crédito pessoal, créditos online, finanças pessoais e conselhos de poupança.

Creditos online

Tudo o que procura saber sobre crédito pessoal, créditos online, finanças pessoais e conselhos de poupança.

Qua | 30.09.09

Estados Unidos: Taxas de juro de 650% no Credito Pessoal

Nelson

A taxa de juro do crédito pessoal é muito alta em Portugal, pode variar entre os 6% e os 28%. E se eu lhe disse-se que o nos Estado Unidos pode chegar aos 650%. A crise tem destas coisas e o governo tem estado a alertar a população para o perigo de alguns créditos concedidos online a taxas altíssimas. Os chamados "Online Payday Loan sites" são sites que permitem o acesso ao crédito  de uma forma quase imediata e por um curto período de tempo. Como o nome indica, é um crédito que é aniquilado no dia em que se recebe o salário, e serve para casos mesmo urgentes. Segundo o governo Norte Americano, um crédito pessoal neste termos pode custar 30 dólares por cada 100 dólares solicitados.

Se por exemplo, numa urgência de saúde precisar de 500 dólares, e se faltarem quinze dias para receber o seu salário, no dia em que receber serão retirados da sua conta 650$. Neste exemplo acaba por pagar 30% de juros por um empréstimo de quinze dias. A situação agrava-se com as penalizações abusadoras que o banco e a entidade credora  impõem quando o dinheiro que está na conta não é suficiente para o pagamento da prestação.
Outro alerta que o governo lança é a falta de segurança em algumas destas entidades de crédito menos fidedignas. Quando recorrem a um crédito pessoal online deste tipo, têm que enviar números de Segurança Social  e de contas bancárias através de links na internet para destinatários desconhecidos. Muitos dos contratos incluem ainda termos unilaterais penalizadores para os consumidores.


Um conselho que o governo deixa, que também é valido para os portugueses  é para nunca transmitir números de contas bancárias, contribuintes ou outros elementos pessoais para companhias pouco reconhecidas no mercado financeiro. Pode ler esse artigo aqui, leia-o antes de procurar um credito pessoal na internet.


 

Sab | 26.09.09

Credito Rapido Santander

Nelson

O Santander também lançou agora um credito rapido, em que a principal característica é ser um credito pessoal para casos urgentes. É um crédito destinado apenas a clientes seus e que recebam o seu salário neste banco. Como já existe alguma confiança com o cliente o processo de aprovação de crédito consegue ser muito mais rapido. O dinheiro é creditado na conta corrente no cliente e também debitado directamente de lá. Se precisa de um adiantamento de salários para este mês, ou se precisa de um extra para gozar uma férias, esta é mais uma alternativa. Pena que não tenham no site o valor da taxa de juro, para se poder comparar com os outros creditos rapidos do mercado, peça esta informação antes de qualquer outra.
 


online casino Web Poll
Ter | 22.09.09

Queixas relativas ao crédito disparam

Nelson

Faz ideia da quantidade de reclamações que existem em Portugal relativamente aos créditos? Sim, é um numero absurdo, só nos primeiros seis meses deste ano deram entrada no Banco de Portugal 2,232 reclamações relativas ao crédito á habitação e 2.070 relacionadas com o crédito ao consumo.Estamos a falar de um aumento de quase 30%, quando comparando com igual período de 2008. No topo das reclamações estão o Banco Popular e o Barclays Bank, com um avultado numero de queixas relativas ao crédito á habitação.

O melhor conselho que se pode dar a quem vai fazer um novo crédito, é que leia bem o contrato antes de assinar, pois só assim estará informado sobre as suas responsabilidades e as da entidade financeira. Leia mais sobre esta noticia  no site do Record e no Publico.

Ter | 22.09.09

Credito Malparado continua a Subir

Nelson

Poupar está na ordem do dia. Com a crise que teima em desaparecer os portugueses batem recordes nos depositos bancários, mas também o crédito malparado tem registado uma subida constante. 2,71 por cento do total de créditos concedidos á familias portuguesas é considerado de cobrança duvidosa (ou malparado). Só para ter uma ideia, em comparação com 2008 representa um aumento de 25,2 por cento. Leia a noticia completa sobre o aumento do  credito malparado. Se está a pensar fazer um crédito pessoal, esta pode não ser a melhor altura, reconsidere e aguarde que os mercados financeiros estabilizem mais, aí sim poderá recorrer a um credito pessoal com mais segurança.





 

Ter | 15.09.09

Comprar o iPhone com um credito pessoal ?

Nelson

Hoje é-nos oferecido um credito pessoal para comprar quase tudo. Basta abrir um panfleto de uma qualquer loja de electrodomésticos para ver logo o preço das prestações. Parecem baixinhas quando comparadas com o preço final do produto, mas multiplique pelas mensalidades e calcule quanto estará a pagar a mais no final.
Se vir propaganda de informática ou relacionada, verá que o valor mínimo para fazer um crédito é hoje muito mais baixo. Já vi panfletos onde era possível comprar produtos abaixo de 50 euros com um crédito pessoal. Não estaremos a cair num ridículo? Já falta pouco para começar a pagar o seu café e a sua ida ao cinema com uma prestação suavezinha.

É preciso ter alguma cautela com os hábitos que vão adquirindo, no inicio dos anos oitenta o credito pessoal era mal visto em Portugal, de á uns anos para cá verificou-se uma massificação. O credito Cofidis, é um bom exemplo de um crédito que faz parte do dia a dia de muitos portugueses. Os portugueses habituaram-se a recorrer ao crédito , muitas vezes de uma forma quase involuntária, basta que ele seja proposto no balcão de uma loja, e os mais incautos, vão logo aceitando. Depois ficam anos a pagar produtos que apenas usaram uns dias, pois foi uma moda temporária, e depois de os adquirirem chegaram á conclusão que não necessitam deles para nada. Não se deixe encantar pelo credito facil, use os créditos pessoais apenas para algo que melhore a sua vida e que seja mesmo necessária. Ao comprar o ultimo grito da tecnologia a crédito, como por exemplo, o iPhone vai ter uma sensação de melhoria do seu poder de compra, mas é uma sensação fora da realidade, é falsa, pois, na verdade você só comprometeu o seu futuro.
Essa sensação que você obteve ao adquirir um produto que pouca gente tem capacidade financeira para adquirir no seu meio social, acaba por desfalecer rapidamente, mas como todos gostamos de ter o que é bom e dá status, o mais certo é você reincidir num novo credito pessoal para comprar um outro produto que você antes, nunca pensou que precisaria. Está a perceber o circulo vicioso e perigoso que o credito rapido pode tomar?
 

Qui | 03.09.09

Credito Cofidis

Nelson

O Credito Cofidis é rei em Portugal. Se está a pensar solicitar um crédito pessoal com certeza já ouviu falar do credito cofidis, pois esta é a empresa de crédito que domina o mercado português. É difícil ignorar esta empresa pois ela investe muito em publicidade e facilmente damos com ela na rádio, na televisão, na internet, numa contracapa de uma revista e sabe-se lá mais onde. Por todo o lado o credito cofidis é publicitado.


De onde apareceu o credito cofidis?


A cofidis apareceu originalmente em França na década de 80 e inovou ao apresentar um crédito extremamente fácil e rápido de obter. O credito Cofidis nasceu da aliança de duas empresas também francesas nossas conhecidas: a empresa de venda por catálogo 3 Suisses e a empresa especializada em crédito Cetelem. Hoje o cenário é diferente e a empresa é controlada pelo Banque Fédérative du CRÉDIT MUTUEL. Esta é uma das maiores empresas do sector ao nível europeu, estando já presente em países fora do espaço comunitário como é o caso da China (desde 2007).

A Portugal demorou um pouco a chegar, mas já por cá anda á 13 anos e agora parece atacar o mercado como nunca se viu. Já tem uma carteira de 345.000 clientes e é líder na concessão de créditos a particulares. Dá emprego a 450 pessoas (numero impressionante) que cobrem diversas áreas do sector: análise de crédito, risco, parcerias, etc...


Em que inovou a Cofidis?


A Cofidis, em 1982, pretendeu lançar um produto que permitisse ás massas poderem ter um crédito ao consumo de uma maneira imediata e facil. Acabar com as lentidões, burocracias e exigências dos tradicionais créditos bancários. O credito Cofidis seguia as seguintes características:
liberdade: o consumidor podia aplicar o dinheiro onde bem entendesse, sem ter que justificar ou explicar onde aplicaria o montante emprestado.
Simples; nada de complicar a vida aos clientes, apenas o mínimo e indispensável será exigido aos clientes
rapidez: A resposta tem de ser dada em tempo recorde, hoje em dia é dada resposta definitiva em 24 horas, quando antigamente um crédito poderia demorar não dias, e não semanas, mas sim meses até ser aprovado por um banco.

Este foi um factor bastante positivo, com o aparecimento de créditos como o da Cofidis obrigou os bancos a modernizarem um pouco os seus processos de concessão de crédito, e passámos a obter respostas dos bancos de uma forma muito mais célere e com muito menos exigências do que á uns anos atrás.
Mas como o leitor deve saber nem tudo são rosas nos apelidados "creditos Cofidis", tanta facilidade e rapidez atrai muitas pessoas que não fazem contas á vida e deixam-se levar pelo impulso consumista. Quando dão por ela estão endividados até ao pescoço e com taxas de juro altíssimas. Esta é a principal desvantagem do credito cofidis, como é concedido a praticamente todos os que o solicitem, é considerado um crédito de alto risco, e havendo poucas garantias de reembolso do crédito, a taxa de juro dispara. Em breve farei uma análise comparativa do credito cofidis com outros do mercado.