Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Creditos online

Tudo o que procura saber sobre crédito pessoal, créditos online, finanças pessoais e conselhos de poupança.

Creditos online

Tudo o que procura saber sobre crédito pessoal, créditos online, finanças pessoais e conselhos de poupança.

Sab | 20.11.10

Credito Pessoal Caixa Geral de Depósitos

Nelson

A Caixa Geral de Depósitos é o maior banco do país, por isso a análise ao seu produto credito pessoal deve ser objecto de estudo neste site.
Para começar deve definir ao certo, o uso que vai dar ao empréstimo, isto porque a CGD segmentou o Credito Pessoal em vários produtos conforme a sua finalidade.

 

 

Credito Pessoal Caixa

Tem crédito especifico para:

  • formação (nacional ou internacional),
  • Estudantes - Cursos de Licenciatura, Mestrado, Doutoramentos, Pós-graduações e CET´s (cursos de especialização Tecnológica).
  • Automóvel - uma solução para comprar carro novo, ou usado para vários montantes ou prazos.
  • Medicina Dentária ou Cirurgia Estética - o nome diz tudo
  • Energias Renováveis - Para compra de tecnologias amigas do ambiente, mas que são algo caras.


Se a finalidade do seu credito pessoal se enquadrar numa das categorias referidas acima, poderá conseguir uma taxa de juro mais favorável, senão pode sempre optar pelo credito pessoal clássico da CGD.
O credito pessoal Caixa Geral de Depósitos pode ser usado para o que quiser (viagens, computadores, mobiliários, electrodomésticos, arte, terrenos, oportunidades de investimento, etc..)

 

Tem um montante mínimo de 2000 euros e um prazo máximo de pagamento de 5 anos (excepto se tiver uma garantia de uma penhora).

A taxa de juro, parte mais importante na comparação do crédito, pode ser fixa ou variável. Se optar pela taxa variável, ela fica indexada á Euribor, sendo calculada pela formula:

Euribor 3 Meses + 9,55%, por isso neste momento ela seria de 15,9%.

Conclusão:
A taxa de juro é pouco atractiva quando comparada com as taxas que referi no artigo: "Credito pessoal: qual o melhor?".

Se comparar-mos com a taxa da Caixa Galicia para associados da Deco (euribor+1,25%) constata-mos que esta fica 8,3% mais cara. A não ser que a fidelização á Caixa Geral de Depósitos lhe traga outros benefícios noutros produtos, este credito pessoal não é dos mais competitivos do mercado.

Seg | 15.11.10

O credito habitação e a FIN

Nelson

Boas noticias no credito habitação. Agora, a partir do mês de Novembro, os bancos são obrigados por lei a entregar a FIN, sempre que alguém solicitar uma simulação para um crédito.

O que é a FIN?

A FIN (Ficha de Informação Normalizada) é um documento normalizado onde constará as condições do empréstimo proposto. Isto é muito positivo, porque permitirá uma comparação muito mais transparente e rápida de créditos habitação. Já nos temos habituado a que os bancos tenham nomes próprios para os encargos com créditos, e variam de banco para banco, que só têm por objectivo baralhar os clientes.

Assim, com um documento normalizado, é facil uma comparação directa e na altura em que se ainda a pesquisar o mercado escolher aquele que realmente apresenta as melhores condições, sem surpresas posteriores.


Penso que será positivo para todos nós, esta decisão do Banco de Portugal, mas só o tempo o dirá, visto o sector bancário ser perito em conseguir contornar estas decisões, como já o demonstrou inúmeras vezes no passado.


A FIN deve ser entregue na altura da simulação e deve ser actualizada depois de o crédito ser aprovado, com todas as condições finais contratadas e a sua respectiva duração.

Sex | 12.11.10

Credito Pessoal Caixa Galicia, o Melhor de Portugal?

Nelson

A Caixa Galicia nem é um banco muito conhecido em terras lusas,mas na área do crédito pessoal, especialmente online, tem tido uma estratégia de marketing bastante agressiva. Não sei qual é a fatia de mercado que consegue em Portugal mas penso que seja bastante boa pois têm a melhor oferta do mercado. Deixo desde já claro que não sou funcionario desta instituição, apenas analiso os factos com curiosidade.

Facto 1
Têm acordo com a Deco para os melhores crédito do mercado (tanto crédito pessoal, como credito habitação)

Facto 2
Se procuramos no Google por Credito Pessoal, encontramos em primeiro lugar, nem mais nem menos que uma pagina da Caixa Galicia. Será por acaso?

Fazendo uma análise com uma ferramenta de promoção de sites vejo que a promoção ao seu site teve inicio em finais do 2009, por isso o primeiro lugar é tudo menos acidental.

 

 

Credito Pessoal Caixa Galicia

 

 

 

 

 

 

 

 

Resta saber se a campanha está a correr bem. Já algum leitor é cliente da CG? Qual a sua opinião?

Dom | 07.11.10

Quanto custa uma guerra?

Nelson

Não somos só nós que andamos a fazer contas á vida.

 

Os americanos até já fazem contas a quanto custa a guerra do Iraque e no Afegastinão.

 

No site Cost of War é possivel verificar quanto é que já saiu dos bolsos dos contribuintes para sustentar estas guerras. O site está bastante interessante pois tem mais curiosidades como o valor total gasto em guerras desde 2001 e saber detalhadamente quanto custou a cada um dos Estados, cidades e até por cidadão. Tem mais filtros para também saber o custo por contribuinte e por lar.

Mas quanto é que custou afinal?
O melhor é visitar o site pois o numero é tão grande que não cabe num só post.

 

O Custo da Guerra

Qua | 03.11.10

Não Consigo Pagar O Meu Crédito Habitação

Nelson

Muitos portugueses estão em aflição neste momento, notivo: não conseguem pagar os seus créditos habitação. Estamos a passar por uma situação de que não há memória, as perdas de emprego, reduções salariais, lay-offs, aumento de impostos, etc, etc, todos contribuem para que o incumprimento no crédito aumente. Com cartões de crédito, créditos pessoais, créditos habitação, credito automóvel ás costas, a maioria dos portugueses não consegue mais cumprir com o pagamento das prestações mensais e opta por deixar de pagar.

O que pode acontecer se realmente chegar a esta situação, se entender que não consegue mais cumprir com todas as suas prestações? Você pode-se sentir tentado a fazer isto, fugir de tudo mas levará um rombo no património.  Existem outras alternativas que não têm consequências tão ruins.

Todos sabemos o que acontece quando deixa de pagar o seu crédito habitação: o banco penhora a casa, toma posse dela e vende-a em leilão. Todos ficam felizes com esta história, não é?

Errado!! O banco pode demorar anos a vender a sua casa, e neste ambiente actual, provavelmente vai vendê-la por um preço muito abaixo daquele que você aceitou pagar por ela. A diferença, essa fica você responsável por liquidar. Este é talvez o pior cenário, pois andou a pagar a sua casa durante algum tempo, ficou sem ela e vai ter que continuar a pagá-la mesmo já não sendo sua nem habitar lá. Cenário dantesco.... Pode sempre tentar não pagar, provavelmente vai levar com um processo, os seus bens serão confiscados juntamente com o seu salário. Isto já para não falar do seu historial de crédito que fica manchado e dificilmente voltará a conseguir um crédito no seu nome. Não parece uma saída muito atraente pois não?



O que fazer nesta situação?



Se não consegue pagar as suas prestações, tome você a iniciativa, dirija-se ao banco e explique a sua situação. Tente chegar a acordo para pagamentos diferidos. O banco tem todas as razões para o ajudar a siar desta situação, pois também para ele não é interessante ter que recorrer a tribunais, burocracias, demoras, custos e ficar com mais um imóvel no mar de propriedades que eles já têm penhorados.


Por isso, mexa-se, antes que a situação se torne irreversível, comece a renegociar os seus créditos.